Pronomes Pessoais em Espanhol

Os pronomes pessoais (pronombres personales) substituem os substantivos (comuns ou próprios).

Caraterizam-se por identificar os participantes do discurso:

» 1º pessoa: aquele que fala ou escreve, dividem-se em:
Singular: "yo"
Plural: "nosotros, nosotras".

» 2º pessoa: aquele que ouve ou recebe aquilo que foi escrito pela primeira pessoa, dividem-se em:
Singular: "tú, vos" (informal) - "usted" (formal)
Plural: "vosotros, vosotras" (informal) - "ustedes" (formal)

» 3º pessoa: coisa ou pessoa da qual se fala ou escreve, dividem-se em:
Singular: "él, ella"
Plural: "ellos, ellas".

Os pronomes pessoais podem ter diferentes formas de acordo com a função que realizam dentro da frase. Observe:


FORMAS SEGUNDO A FUNÇÃO
Sujeito / Reto Objeto direto Objeto indireto Objeto preposicional
yo me me mí, conmigo
tú, vos te te ti, contigo, vos
él, ella, ello lo, la le, se él, ella, ello, sí, consigo
nosotros (as) nos nos nosotros (as)
vosotros (as) os os vosotros (as)
ellos, ellas los, las les, se ellos, ellas, sí, consigo

» Os pronomes pessoais podem funcionar como sujeito da frase. O sujeito é a pessoa o animal ou a coisa que realiza a ação expressada pelo verbo. Quase sempre você consegue identificar o sujeito mediante a pergunta: "¿quién o quienes?" + verbo da frase.
No seguinte exemplo se perguntarmos: "¿Quiénes faltaron?", a resposta seria o sujeito: "Carlos y María".
Essa regra nem sempre funciona, recomendamos que seja verificado se o sujeito está flexionando em número e pessoa com o verbo da frase. Lembre que existem verbos que não expressam uma ação senão um estado, portanto o sujeito não pode realizar nenhuma ação. Exemplo: "Marta está sentada en la cocina."
Exemplo:
Carlos y Marta faltaron a la reunión.
(Carlos e Marta faltaram à reunião.)
» Os pronomes pessoais podem funcionar como o objeto direto de uma oração. O objeto direto é aquele que indica a pessoa, o animal ou a coisa sobre a que cai diretamente a ação do verbo. Quase sempre você consegue identificá-lo mediante a pergunta: "¿Qué es lo"? + verbo da frase en particípio.
No seguinte exemplo se perguntarmos ¿Qué es lo comprado?, a resposta seria o objeto direto: "el periódico = lo".
Essa regra nem sempre funciona, recomendamos que você verifique que se cumpram os seguintes pontos:
1. Recebe diretamente a ação do verbo.
2. O objeto direto deve ficar como sujeito ao transformar a oração na voz passiva. Exemplo: "Lo fue comprado por Carlos".
Exemplo:
Carlos compró el periódico. = Carlos lo compró.
(Carlos comprou o jornal. Carlos o comprou.)
» Os pronomes pessoais também podem funcionar como objeto indireto. O objeto indireto é aquele que indica a pessoa, o animal ou a coisa beneficiada pela a ação do verbo de forma indireta. Quase sempre você consegue identificá-lo mediante a pergunta: ¿A/Para quién/quienes? + verbo + sujeito.
No seguinte exemplo se perguntarmos ¿A quién o para quién compró Carlos el periódico?, a resposta seria o objeto indireto: "para mí = me".
Exemplo:
Carlos compró el periódico para mí. = Carlos me lo compró.
(Carlos comprou o jornal para mim. Carlos o comprou para mim.)
» Os pronomes pessoais também podem funcionar como objeto preposicional. O objeto preposicional é aquele que se introduz mediante uma preposição.
Exemplo:
Carlos compró el periódico para mí.
(Carlos comprou o jornal para mim.)