Partes do Corpo em Espanhol

O corpo humano está conformado por diversas partes estreitamente relacionadas. Cada sistema, cada órgão é responsável por uma ou outra atividade. Usamos o nome das partes do corpo quando vamos à academia, ao médico, à farmácia ou em qualquer outro contexto.
Dada sua importância, convidamos-lhe a conhecer as partes do corpo humano em espanhol.
Uma das maiores utilidades de conhecer as partes do corpo é poder expressar como estamos nos sentindo. Para isso é comum usar alguns verbos, um dos mais usados é o verbo "doler" (doer), que geralmente adota duas formas: "duele" quando se refere a substantivos singulares e "duelen" quando se refere a substantivos plurais.
Exemplo:
A mí me duele la cabeza y a ella le duelen los oídos.
(Eu estou com dor de cabeça e ela está com dor de ouvido.)
Forma do verbo "doler" em presente de indicativo
A + me DUELE +

la cabeza
el estómago
la espalda
ti te
él, ella, usted le
nosotros(as) nos DUELEN +
las muelas
los oídos
los ojos
vosotros(as) os
ellos, ellas, ustedes les
Outros verbos também muito usados com as partes do corpo são: "estar" e "tener".
Exemplos:
Estar enfermo, resfriado, etc.
(Estar doente, gripado, etc.)

Tener fiebre, gripe, tos, dolor de cabeza, etc.
(Ter febre, gripe, tosse, dor de cabeça, etc.)
Em espanhol também existem muitos ditados populares que foram criados com algumas partes do corpo. Veja:
Tener a alguien entre ceja y ceja: usa-se para expressar que não gostamos de alguém e que sentimos apatia por essa pessoa.
Exemplo:
Carlos va a tener que estudiar mucho para la prueba porque el professor lo tiene entre ceja y ceja.
(Carlos vai ter que estudar muito para a prova porque o professor está cheio dele.)
Tomar el pelo: usa-se para expressar que fomos enganados ou que enganamos a alguém, geralmente em forma de brincadeira.
Exemplo:
Ayer fue el día de los inocentes y le tomamos el pelo a varios vecinos.
(Ontem foi o dia dos inocentes e fizemos brincadeiras com vários vizinhos.)
No tener dos dedos de frente: usa-se para dizer que uma pessoa é pouco inteligente ou não tem um pingo de juízo.
Exemplo:
Ella no sabe que hacer con su novio, el pobre no tiene dos dedos de frente.
(Ela não sabe o que fazer com o namorado, o coitado não tem um pingo de juízo.)
Costar un ojo de la cara: usa-se para dizer que algo é muito caro.
Exemplo:
Ellos se compraron el coche del año, les debió haber costado un ojo de la cara.
(Eles compraram o carro do ano, que deve ter lhes custado uma fortuna.)
Estar hasta las narices: usa-se para expressar que estamos fartos de uma pessoa ou situação.
Exemplo:
Marta está hasta las narices de que su esposo llegue borracho a casa todos los días.
(Marta está de saco cheio de que seu esposo chegue em casa bêbado todos os dias.)
No tener pelos en la lengua: usa-se para expressar que uma pessoa sempre diz o que pensa sem nenhuma hesitação.
Exemplo:
Todos sabemos que ella es muy sincera, no tiene pelos en la lengua.
(Nós todos sabemos que ela é muito sincera, não tem papas na língua.)
Arrimar el hombro: usa-se para expressar que alguém nos ajudou ou que ajudamos a outras pessoas.
Exemplo:
Con la mudanza tuvimos que trabajar mucho, la suerte fue que algunos vecinos arrimaron el hombro.
(Com a mudança tivemos que trabalhar muito, a sorte foi que alguns vizinhos nos ajudaram.)
Hablar por los codos: usa-se para identificar às pessoas que falam além do normal.
Exemplo:
Hoy me duele la cabeza, no tengo paciencia para escucharte porque hablas hasta por los codos.
(Hoje eu estou com dor de cabeça, não tenho paciência para te escutar, porque você fala demasiado.)
No dar el brazo a torcer: usa-se para expressar que alguém não muda de ideia facilmente, pessoas que não cedem.
Exemplo:
Aunque Luis sabe que se equivocó no quiere dar su brazo a torcer.
(Embora Luis sabe que estava errado não quer dar o braço a torcer.)
Creerse el ombligo del mundo: usa-se para expressar que alguém se acha o centro do mundo, pessoas egocêntricas.
Exemplo:
Después que se compró la moto se cree que es el ombligo del mundo.
(Depois que ele comprou-se a moto, pensa que é o centro do mundo.)
Echar una mano: usa-se para expressar que alguém nos ajudou ou para oferecer ajuda.
Exemplo:
¿Quieres que te eche una mano en la construcción de la casa?
(Você gostaria de uma força na construção da casa?)
Dormir a pierna suelta: usa-se para expressar que se dorme a gosto, profundamente.
Exemplo:
El gato está en el sofá durmiendo a pierna suelta.
(O gato está no sofá dormindo como uma pedra.)
Tener los pies en la tierra: usa-se para expressar que somos realistas ou que devemos ser realistas diante determinadas situações.
Exemplo:
En una semana no puedes prepararte para pasar en ese examen. Pon los pies en la tierra.
(Em uma semana você não pode preparar-se para passar nesse exame. Coloque os pés no chão.)
Levantarse con el pie izquierdo: usa-se para expressar que tivemos um dia ruim.
Exemplo:
Hoy todo me ha salido mal, parece que me levanté con el pie izquierdo.
(Hoje está tudo dando errado, parece que eu acordei com o pé errado.)
Ser lengua larga: usa-se para expressar que a pessoa não é confiável, que fala tudo ou que ouve e às vezes aquilo que nem ouve.
Exemplo:
No le puedo contar nada a la vecina porque es una lengua larga, enseguida se entera todo el barrio.
(Eu não posso dizer nada á vizinha porque fala demais, rapidamente a vizinhança sabe de tudo.)