Usos do Pretérito Perfecto Compuesto de Indicativo em Espanhol

O Pretérito Perfecto Compuesto de Indicativo tem vários usos. Observe alguns deles:
Usa-se para falar de ações ou acontecimentos ocurridos em um passado próximo ao presente. Informa aquilo que aconteceu "hoy, este año, este mes, esta semana, esta tarde, esta mañana, últimamente, etc."
Exemplo:
Este año no ha hecho mucho calor.
(Este ano não tem feito muito calor.)
Usa-se para falar de ações ou acontecimentos passados sem dizer quando aconteceram. Informa o que foi feito na vida até o momento presente.
Exemplo:
He viajado por todo el mundo.
(Tenho viajado o mundo inteiro.)
Usa-se para falar de ações ou acontecimentos passados que têm consequências no presente.
Exemplo:
Perdona por llegar tarde, pero es que he estado atrapado en en tránsito.
(Desculpe pelo atraso, mas estive preso no trânsito.)
Pode ser usado para falar de ações ou situações passadas imediatas acompanhada de expressões como: hace poco, hace un momento, hace un rato.
Exemplo:
He estado hablando con María hace un rato.
(Eu estive falando com Maria há pouco tempo.)
Usa-se para falar da realização ou não de uma ação até o momento presente, pode ir acompanhada de expressões como: ya, todavía no, por fin....
Exemplo:
Ya he terminado la comida. / Todavía no he terminado la comida.
(Já terminei a comida. / Eu ainda não terminei a comida.)
Pode ser usado para dar notícias recentes.
Exemplo:
- ¿Qué ha pasado? - Han asaltado a Manolo.
(- O que aconteceu? - Assaltaram a Manolo.)
Em muitas partes da América Latina é usado o pretérito indefinido no lugar do pretérito perfecto que é mais comum na Espanha.
Exemplo:
Terminé la facultad. (América) / He terminado la facultad. (Espanha)
(Terminei a faculdade.)