Diferenças entre "Muy" e "Mucho" em Espanhol

  • "Muy" é um advérbio de quantidade e é usado antecedendo a adjetivos, advérbios, particípios e nomes adjetivados.
  • "Mucho" pode ter função adjetiva ou pode também funcionar como um advérbio de quantidade e é usado, geralmente, antecedendo a substantivos. Quando tem função de adjetivo concorda em gênero e número com o substantivo (mucho, mucha, muchos, muchas).
  • Usos de "Muy"

    1. Acompanha adjetivos.
    Exemplo:
    Las ruinas mayas son muy famosas por los misterios que encierran entre sus muros.
    (As ruínas maias são muito famosas pelos mistérios que contêm dentro de seus muros.)
    2. Acompanha a advérbios.
    Exemplo:
    Es muy fácil escalar montañas cuando se adquiere práctica.
    muito fácil escalar montanhas quando se tem prática.)
    3. Acompanha particípios.
    Exemplo:
    La paella española es muy conocida por la diversidad de variantes que tiene.
    (A paella espanhola é muito conhecida pela diversidade de variantes que tem.)
    4. Acompanha nomes adjetivados.
    Exemplo:
    Internacionalmente, los hombres mexicanos tienen fama de ser muy machos.
    (Internacionalmente, os homens mexicanos têm a reputação de serem muito machos.)
    Atenção:
    - "Muy" nunca acompanha a substantivos.
    Tiene muy amigos aquí. (errado)
    (Tem muitos amigos aqui.)
    Tiene muchos amigos aquí. (certo)
    (Tem muitos amigos aqui.)
    - "Muy" nunca funciona como advérbio independente.
    Me duele muy. (errado)
    (Dói-me muito.)
    Me duele mucho. (certo).
    (Dói-me muito.)
    Exceções:
    - Com os adjetivos e advérbios antes, después, mejor, peor, más, menos, mayor, menor, usa-se "mucho" no lugar de "muy".
    Exemplos:
    Comenzó a llover mucho antes de que salieran de casa.
    (Começou a chover muito antes de que eles saíram de casa.)
    Mucho después de la Segunda Guerra Mundial todavía habían secuelas del sangriento acontecimiento
    (Muito tempo depois da Segunda Guerra Mundial ainda haviam sequelas do sangrento acontecimento.)

    Usos de "Mucho (a, os, as)"

    1. Acompanham substantivos.
    Exemplo:
    En Ciudad de México hay muchos bares.
    (Na Cidade do México há muitos bares.)
    2. Funcionam como advérbio independente.
    Exemplo:
    Dijo que la quería mucho.
    (Disse que a amava muito.)
    Atenção:
    - Mucho nunca modifica adjetivos e advérbios com exceção de: antes, después, mejor, peor, más, menos, mayor, menor.
    Ella es mucho linda. (errado)
    (Ela é muito linda.)
    Ella es muy linda. (certo)
    (Ela é muito linda.)

    "Tan" e "Tanto"

    "Tan" e "Tanto" seguem a mesma regra de "Muy" e "Mucho".
    Exemplos:
    Beto es tan aburrido que ya nadie quiere salir con él.
    (Beto é tão chato que ninguém quer sair com ele.)
    Hay tantos museos en esta ciudad que no sabemos por cuál comenzar.
    (Há tantos museus nesta cidade que não sabemos por qual começar.)