Se Me Va La Voz - Alejandro Fernández (Tradução da letra)

Your browser does not support video.

ESPANHOL PORTUGUÊS
Cómo duele, hoy Como dói, hoje!
Hoy te extraño más que nunca Hoje sinto tua falta mais do que nunca
Y no estás aquí E não estás aqui
Lentamente, hoy Lentamente, hoje
Me va causando tanto daño Vai me causando tanto dano
Que no sé vivir Que não sei viver
   
Y se me va la voz E eu perco a voz
Si no tengo tus ojos Se não tenho teus olhos
Y no siento el calor E não sinto o calor
Si esas noches no son mías Se essas noites não são minhas
Y no estoy junto a ti E não estou junto a ti
La razón para vivir de rodillas A razão para viver de joelhos
De rodillas junto a ti De joelhos junto a ti
   
Y se me va la voz E eu perco a voz
Pensando que te has ido mujer Pensando que você se foi mulher
Y no siento el calor E não sinto o calor
El calor de lo prohibido O calor do proibido
Y entrégamelo todo E entrega-me tudo
Que todavía llevo dentro Que ainda levo dentro
La razón de este recuerdo A razão desta recordação
   
Maestro no te conozco pero cuidado Cara não te conheço mas toma cuidado
No te equivoques de rumbo Não erres o caminho
Tú me conoces muy bien Você me conhece muito bem
   
En una noche fría Em uma noite fria
Buscando tu saliva Procurando tua saliva
Una brisa que libera Uma brisa que liberta
Refresca el corazón Alivia o coração
Enséñame la vida Mostra-me a vida
Porque contigo estoy dispuesto Porque contigo estou disposto
A la razón y al corazón À razão e ao coração
   
Y se me va la voz E eu perco a voz
Si no tengo tus ojos Se não tenho teus olhos
Y no siento el calor E não sinto o calor
Si esas noches no son mías Se essas noites não são minhas
Y no estoy junto a ti E não estou junto a ti
La razón para vivir de rodillas A razão para viver de joelhos
De rodillas, de rodillas junto a ti De joelhos, de joelhos junto a ti
   
Y se me va la voz E eu perco a voz
Pensando que te has ido mujer Pensando que você se foi mulher
Y no siento el calor E não sinto o calor
El calor de lo prohibido O calor do proibido
Y entrégamelo todo E entrega-me tudo
Que todavía llevo dentro Que ainda levo dentro
La razón de este recuerdo A razão desta recordação
   
Enséñame a vivir Mostra-me a vida
Pensando que te has ido mujer Pensando que você se foi mulher
E no estoy junto a ti E não estou junto a ti
El sabor de lo prohibido O sabor do proibido
E entrégamelo todo E entrega-me tudo
Que todavía llevo dentro Que ainda levo dentro
La razón de este recuerdo A razão desta lembrança
   
Y se me va la voz. E eu perco a voz.