Pronomes Possessivos em Espanhol

» Os Pronomes Possessivos (pronombres posesivos) são palavras que, ao indicarem a pessoa gramatical (possuidor), acrescentam a ela a ideia de posse de algo (coisa possuída). Sempre se referem a um substantivo já mencionado anteriormente.
Exemplo:
Esta es mi blusa, la tuya es aquella.
(Esta é minha blusa, tua blusa é aquela.)
Nota: no exemplo anterior o pronome "tuya" tem como antecedente ao substantivo "blusa" e indica que o possuidor pertence à 2ª pessoa do singular ("tú, vos").
Observe no quadro os Pronomes Possessivos:
Singular Plural
Possuidor Masculino Feminino Masculino Feminino
yo mío mía míos mías
tuyo tuya tuyos tuyas
él, ella, usted suyo suya suyos suyas
nosotros(as) nuestro nuestra nuestros nuestras
vosotros(as) vuestro vuestra vuestros vuestras
ellos, ellas, ustedes suyo suya suyos suyas
Posição dos Pronomes Possessivos:
» Podem ir depois do verbo.
Exemplo:
¿Este lápiz es tuyo o es mío?
(Este lápis é teu ou é meu?)
» Podem ir depois de um artigo definido (el, la, los, las) ou de outros determinantes (palavras que acompanham aos substantivos e oferecem informação sobre este).
Exemplo:
Tu coche es lindo, pero el mío también lo es.
(Teu carro é lindo, mas o meu também é lindo.)
Uso dos Pronomes Possessivos:
» Usa-se "ser" + pronomes possessivos para expressar posse ou pertença.
Exemplo:
Esta casa es mía.
(Esta casa é minha.)
» Usa-se "el, la, los, las" + pronomes possessivos quando queremos fazer referência a alguém ou a algo mencionado anteriormente.
Exemplo:
Esta es mi silla, la tuya es aquella. (la = la silla)
(Esta é minha cadeira, tua cadeira é aquela.)
» Usam-se para expressar parentesco ou outras relações sociais.
Exemplo:
Este es mi hermano y aquel es el tuyo.
(Este é meu irmão e aquele é o teu.)
Outros Aspectos dos Pronomes Possessivos:
» Quando queremos dizer que o possuidor é de primeira pessoa (yo, nosotros/as) usamos os pronomes possessivos: "mío, mía, míos, mías, nuestro, nuestra, nuestros, nuestras"; quando é de segunda pessoa (tú, vosotros/as) usamos: "tuyo, tuya, tuyos, tuyas, vuestro, vuestra, vuestros, vuestras" e quando é de terceira pessoa (él, ella, ellos, ellas) usamos: "suyo, suya, suyos, suyas".
Exemplo:
Esta casa es nuestra y aquella es vuestra.
(Esta casa é nossa e aquela é de vocês.)
» A forma: "suyo" e suas variantes de gênero e número pertencem à terceira pessoa, mas também pertencem à segunda pessoa no discurso quando fazem referência a: "usted, ustedes".
Exemplos:
Con el permiso de usted. = Con su permiso. (2ª persona)
(Com a permissão do senhor.)

Con el permiso de él. = Con su permiso. (3ª persona)
(Com a permissão dele.)
» Os pronomes possessivos flexionam em gênero e número com o possuído.
Exemplos:
Esta casa es nuestra.
(Esta casa é nossa.)

Esas casas son nuestras.
(Essas casas são nossas.)

Nota:
No primeiro exemplo o pronome possessivo "nuestra" flexiona em gênero e número com o substantivo que representa (casa).
No segundo exemplo o pronome possessivo "nuestras" flexiona em gênero e número com (casas).
Em ambos casos se indica que o possuidor é "nosotros(as)".
» Os pronomes possessivos podem indicar a um possuidor ou a vários. Designam um só possuidor os pronomes "mío, tuyo" e suas variantes de gênero e número. Fazem referência a vários possuidores os pronomes "nuestro, vuestro" e suas variantes de gênero e número.
Exemplos:
La cama es mía. (um possuidor)
(A cama é minha.)

La cama es nuestra. (vários possuidores)
(A cama é nossa.)
» Os pronomes "suyo, suyas, suyos, suyas" podem representar um ou vários possuidores. Há seis possíveis combinações: "de él, de ella, de ellos, de ellas, de usted, de ustedes". Para saber o número de possuidores devemos nos apoiar no contexto.
Exemplos:
Déjalo que haga de las suyas. ("lo" indica que "suyas" representa um possuidor masculino singular).
(Deixa-o que faça o que quiser.)

Siempre se salen con la suya. ("se salen" indica que "suya" representa vários possuidores).
(Sempre fazem o que querem.)