Verbos Irregulares em Presente de Indicativo em Espanhol

Em espanhol existem várias irregularidades verbais que abordaremos individualmente:
Em espanhol o verbo se divide em duas partes: raiz (expressa o significado) e desinência (a terminação do verbo que indica a flexão de número e pessoa), por exemplo, se conjugarmos "amar" em primeira pessoa do presente de indicativo: (amo), teremos que "am" é a raiz e que "o" é a desinência.
Já sabemos as partes do verbo, agora passemos a determinar quando ele é regular ou irregular.
  • Consideram-se "verbos regulares" aqueles que não sofrem nenhuma alteração fonética na raiz e que mantêm, em todos os tempos e modos a mesma desinência (terminação) que seus respetivos verbos modelo.
  • Portanto, consideram-se "verbos irregulares" aqueles que ao serem comparados com seus respetivos verbos modelo apresentam alguma alteração na raiz, na desinência ou em ambas.
  • Os verbos regulares modelo são: "amar" (para a primeira conjugação), "temer" (para a segunda conjugação) e "partir" (para a terceira conjugação). Se um verbo termina em "-ar" seu verbo modelo será "amar", se termina em "-er" seu verbo modelo será "temer" e se termina em "-ir" seu verbo modelo será "partir"
  • .
    Dicas para identificar quando um verbo é irregular:
  • Identificar qual é o verbo modelo a seguir: "amar, temer, partir".
  • Conjugar o verbo modelo e o verbo que queremos saber se é irregular nos tempos absolutos: "presente, pretérito indefinido, futuro imperfecto" do modo indicativo. Exemplo, se queremos saber se "tener" é irregular, devemos conjugar "temer - tener" nos três tempos mencionados anteriormente.
  • Conjugados os dos verbos nos três tempos passaremos a comparar os dois verbos, se não houver nenhuma variação nem na raiz, nem na desinência, então o verbo é regular, porém se houver alguma alteração, ainda que seja somente em uma das pessoas gramaticais de qualquer dos três tempos absolutos, o verbo será categorizado como irregular.
  • PRONOMES PESSOAIS TEM-ER TEN-ER
    Yo tem-o teng-o
    tem-es tien-es
    Él, Ella, Usted tem-e tien-e
    Nosotros, Nosotras tem-emos ten-emos
    Vosotros, Vosotras tem-éis ten-éis
    Ellos, Ellas, Ustedes tem-en tien-en
    Ao conjugar os verbos acima em presente de indicativo podemos perceber que o verbo "tener" não mantém a mesma raiz para todas as pessoas gramaticais como acontece com o verbo "temer", portanto é classificado como irregular sem necessidade de continuar conjugando o verbo nos outros dois tempos absolutos.
    Atenção:
    A mudança de acento tônico é considerada uma irregularidade.
    Para entender melhor este ponto, tomamos como exemplo o verbo "estar" que segue o modelo de conjugação do verbo "amar". Como a conjugação na primeira pessoa do singular do presente de indicativo de "amar" é "ama" pronunciado /áma/, a conjugação do verbo "estar" na mesma pessoa gramatical deveria ser /ésta/; porém como, em realidade, é /está/, então existe uma mudança de acento e o verbo se considera irregular.